Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Neta da Luísa

A Neta da Luísa chama-se Bárbara. Tem 23 anos e um gosto incalculável pela escrita, moda, lifestyle e beleza. Não é uma expert em nenhum dos assuntos, mas tem uma paixão imensa por todos eles.

A Neta da Luísa

O amor dói - mas também se cura.

Cresci contigo e talvez por isso a tua dor seja tão dolorosa para mim também. 

 
Não começaste o ano da melhor maneira. Partiram-te o coração e sei que ainda não encontraste a forma correta de colocar todos os pedacinhos novamente no seu lugar. Mas começar mal pode ser, até, um bom presságio. Dizem que depois da tempestade vem a bonança. E a tua será, certamente, bastante generosa. 
 
Sei o quanto gostavas. E também sei o quanto dás tudo quando gostas e quanto vais até ao fim do mundo pela pessoa que amas. E neste caso, tu foste, literalmente. Mas também conheço a tua força e o poder da tua determinação e talvez por isso esteja certa de que vais conseguir amenizar rapidamente o sofrimento que esta ferida te possa estar a causar. Sei que o fim desta relação, principalmente não dependendo de ti, atira ao chão todos os planos a dois que tinhas guardados algures num espaço do teu coração. Sei que parece que perdeste tudo, ou melhor, quase tudo. Tudo não, porque tens-me a mim, tens a nossa família, tens os teus amigos, os nossos amigos - tudo nunca. Por muito que percas na vida, que TE percas na vida,  por muito que possas ter perdido este amor, por muito que te tenham escapado alguns sonhos e fugido alguns objectivos, tudo tu não perdes - porque mesmo que o resto se vá, tens-nos a nós. Sempre e para sempre. E os restos não interessam, não passam de pedaços de algo que um dia nos fez feliz mas que agora dão lugar a outras alegrias.
 
Por muito que pareça, o fim de um amor não mata. Adoece apenas. Mas neste momento, sofres de uma doença com cura. O tempo depende da força de vontade, e a eficácia do tratamento, do cuidado que deposites nele. Podia ser pior - podia não passar nunca. Há doenças assim - mas o melhor é pensar sempre: podia ser pior. Não é, felizmente. 
 
Os tempos que se aproximam podem parecer-te angustiantes e solitários, acredito que até o serão. Mas este é um caminho negro que não farás sozinho. Haverá sempre alguém, de lanterna na mão, disposto a iluminar-te os passos e a guiar-te o percurso. Eu serei esse alguém - e haverá  mais gente disposto a sê-lo. Não desanimes nem percas o alento. Não te deixes perder no labirinto que, por vezes, é a vida. Segue esta caminhada com o que de bom esta história deixou no teu coração e não deixes que a face mais negra da raiva, da saudade ou da distância atormente o teu dia-a-dia. Na nossa vida, só deve ficar quem der provas que merece e, acima de tudo, que quer. Abre as portas para quem mostra essa vontade. Fecha-as para quem te magoou com a ausência dela.
 
O amor só é uma coisa boa quando é vivido na plenitude. E quando a felicidade do presente e do futuro tem mais peso do que a saudade face ao passado.
 
Lembra-te disto - tu não mereces metades, e quem tas quer dar, não te merece por inteiro.
 

FGF.jpg