Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Neta da Luísa

A Neta da Luísa chama-se Bárbara. Tem 23 anos e um gosto incalculável pela escrita, moda, lifestyle e beleza. Não é uma expert em nenhum dos assuntos, mas tem uma paixão imensa por todos eles.

A Neta da Luísa

Arrasa na próxima ronda de testes/exames!

5 dicas para melhorares as tuas notas.png

Fazer resumos.png

 

Uma coisa que sempre fiz, durante todos os anos que andei a estudar, foi resumir a matéria para os testes/exames. No entanto, é importante salientar que os resumos não devem ser apenas uma cópia dos apontamentos tirados nas aulas, mas sim uma síntese da matéria que deve ser feita numa linguagem mais fácil de compreender/decorar. Nos resumos, usava com frequência canetas de cores diferentes e tipos de letra distintos, umas vez que a minha memória quando estudava era, sobretudo, visual. É importante que, ao resumir a matéria, se recorra a várias fontes mencionadas nas aulas, para não focarmos o nosso estudo apenas nos apontamentos, por exemplo. É indispensável ler os textos que os professores sugerem e, após retirar as ideias mais importantes dos mesmos, incluí-las nos resumos. 

 

 

Fazer resumos (1).png

 

O que me ajudava imenso a decorar a matéria, depois de fazer os resumos, era explicar a matéria em voz alta. Eu quase que brincava ás professoras enquanto estava a estudar. Imaginava que estava a explicar a matéria a alguém e, por palavras minhas, tentava interiozar mais eficientemente os assuntos. Chegava, muitas vezes, a obrigar a minha mãe e o P. a ouvir-me relatar toda a matéria e pedia-lhes até que colocassem dúvidas sempre que não percebessem para testar até que ponto, eu própria, percebia a matéria.

 

 

Fazer resumos (2).png

 

Durante o curso, fiz várias vezes a partilha de resumos com os meus colegas. Desta forma, todas as partes podem comparar aquilo que consideraram importante da matéria, podendo acrescentar informação que pode ser relevante. Este método fomenta um espírito de entreajuda que considero muito importante no espírito académico, sendo este vantajoso para todos os interessados. 

 

 

Fazer resumos (3).png

 

Os esquemas sempre foram um método que me ajudava muito. Ás vezes, pegava em folhas A4 e colocava-as na horizontal, fazendo esquemas gigantes com palavras-chave de toda a matéria. Numa cadeira da faculdade, aprendi também a fazer mapas mentais, o que me foi muito útil para o estudo ao longo de todo o curso visto que esta é uma forma de associação da matéria que pode ser aplicada a qualquer unidade curricular.

 

 

Fazer resumos (4).png

 

Oh, coitadinha da minha mãe... Foi sempre o grande alvo desta minha técnica! Para testar se estava preparada para os testes/exames, pedia-lhe que pegasse nos meus resumos e me fizesse questões sobre a matéria. Esta era uma estratégia à qual sempre me adaptei bastante bem porque quando chegava à avaliação, lembrava-me do que a minha mãe me tinha perguntado e das respostas que tinha dado. Considero esta uma forma muito eficaz para interiorizar matéria e avaliar a nossa preparação para o grande momento.