Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Neta da Luísa

A Neta da Luísa chama-se Bárbara. Tem 23 anos e um gosto incalculável pela escrita, moda, lifestyle e beleza. Não é uma expert em nenhum dos assuntos, mas tem uma paixão imensa por todos eles.

A Neta da Luísa

Vinte e Sete.

 

 

Parabéns Pais, pelos vossos 27 anos de casados.

Mas acima de tudo, parabéns por terem chegado até aqui. E que Deus permita que continuem sempre a chegar mais longe. 

Manter uma relação com harmonia nunca é fácil. E torna-se mais difícil ainda quando existem obstáculos, como aqueles que já tiveram no vosso caminho. Mas o facto de já terem passado por situações complicadas e hoje ainda se manterem aqui, firmes e fortes, é a prova de que vale a pena. E vale sempre a pena, quando a união não é pequena. 

Casar e construir uma família é talvez das maiores provas de fogo a que alguém se sujeita na vida. Prova essa que, felizmente, vocês têm vindo a superar com sucesso. E quem vive e convive com vocês está muito grato por isso - por nos terem dado sempre a estabilidade necessária a um crescimento saudável e feliz, por nunca nos terem sujeitado a discussões dramáticas ou situações drásticas e por sempre nos terem dado o exemplo do que é, realmente, amar alguém. Com vocês, temos vindo a aprender as maiores lições da vida. Acima de tudo, têm tido a capacidade de nos ensinar que a amizade e o companheirismo é a chave de qualquer união feliz e duradoura e que a tolerância, paciência e capacidade de encaixe são ingredientes chave para o sucesso de um casamento. Todos juntos, vamos torcer para que a vida ainda vos ofereça muitos mais anos pela frente, sempre com motivos para celebrar este dia tão especial. Sempre com motivos para sorrir. Para nos juntarmos à mesa e, juntos, celebrarmos a dádiva que é a vida. 

Este dia é vosso, mas também é um bocadinho de todos nós graças ao orgulho que sentimos em ter alguém como vocês a guiar o nosso caminho. Não desejaria outra família, até porque duvido que exista alguma como a nossa - onde todos temos a liberdade de ser o que realmente somos, de falar abertamente sobre as nossas preocupações, de mostrar os nossos pontos de vista e de seguir o caminho que escolhemos. 

 

Obrigada pais, por serem o nosso exemplo. Mas o maior motivo de agradecimento, é mesmo o facto de serem o exemplo que nós temos vontade de seguir, correndo o risco de nunca conseguirmos fazer juz ao vosso esforço e aos ensinamentos que sempre nos deram.

O amor é, provavelmente, o fogo mais difícil de manter aceso durante tantos anos. Obrigada por terem sempre conseguido que ele nunca se apagasse.