Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Neta da Luísa

A Neta da Luísa chama-se Bárbara. Tem 23 anos e um gosto incalculável pela escrita, moda, lifestyle e beleza. Não é uma expert em nenhum dos assuntos, mas tem uma paixão imensa por todos eles.

A Neta da Luísa

Se já estás a panicar com os exames...

 

be0ccb33911e692f047f09f9604a2dbf.jpg

 

Às vezes, aproveito as folgas do Lidl para trabalhar na preparação das aulas e na parte burocrática que esse trabalho exige e gosto, particularmente, de o fazer na biblioteca - porque é um sítio que inspira tranquilidade, paz e faz-me sentir mais concentrada e focada no trabalho na tarefa a que me proponho fazer. 

Nestas alturas do ano, em que os alunos já começam a preparar-se para os exames, este espaço enche-se de estudantes empenhados e motivados que saem das suas casas para tentar encontrar um tempo e espaço que lhes permita rentabilizar o seu tempo da melhor forma possível.

 

 E é nestas alturas que sinto uma imensa nostalgia e... umas saudades imensas de estudar. 

 

Sempre gostei de estudar - no sentido mesmo literal da palavra - e não apenas de andar na escola ou na faculdade. Sempre gostei de mexer nos livros, de tirar apontamentos, de fazer rascunhos..,. de me desafiar a mim própria tentando sempre superar-me nas notas. Hoje, tenho saudades de ter esses objetivos, dessa rotina, dessa metodologia de trabalho. Tenho saudades da azáfama deste início de verão - apesar  de agora também ter os dias preenchidos, é totalmente diferente - mas normal: a vida segue, os estudos dão lugar ao trabalho, as noitadas em frente ao computador dão lugar ao deitar cedo e ao acordar ainda mais cedo para trabalhar. 

 

Por isso, a todos vocês que ainda têm a oportunidade de ter como presente esta fase da vossa vida, aproveitam-na bem.

 

Sei que nos dizem sempre isto e nós desvalorizamos, mas a verdade é que esta é das fases mais desafiantes e criativas que temos. Aproveita a possibilidade de gerir os teus horários, sem te permitires, no entanto, a procrastinar - o verbo mais conhecido de todos os estudantes. Dá o teu melhor porque tudo o que for menos que isso é insuficiente para ti. Deixa que a motivação te acompanhe sempre e que o futuro brilhante com que sonhas seja sempre o mote para que tenhas vontade de te levantar e pegar nos livros sempre que necessário. Aproveita os grupos de amigos e as tardadas na biblioteca, no parque, na esplanada do café para que nunca te sintas sozinho(a). 

O mundo que temos hoje obriga-nos cada vez mais a sermos bons - ou melhor, a sermos o melhor que conseguirmos. Somos cada vez mais na busca intensa por um só lugar... E, também por isso, a necessidade de nos destacarmos é cada vez maior. Não significa isto que a competição tenha de reger a tua vida ... Mas a vontade de te sentires realizado(a) com as tuas potencialidades e competências deve, sempre, guiar o teu dia-a-dia.

 

Aproveita. Sei que hoje tudo é um drama: os exames seguidos, as matérias que não entendes, tudo aquilo que não consegues decorar, aquele professor que teima em não te dar a nota que mereces ou a falta de tempo que tens para o namorado(a) e amigo(a)s. Sei que os dias parecem curtos demais para todas as páginas que tens que interiorizar e que as noites são tão longas que acabas por te vencer pelo cansaço. Sei que o RedBull de marca branca  (porque o outro é caro e, tendo em conta as quantidades que precisas…) acaba por ser o teu melhor amigo e o café um companheiro inseparável. Sei que os stocks de chocolates e gomas do supermercado parecem insuficientes para a necessidade imensa que tens de petiscar enquanto lês coisas que, hoje, nem percebes porque são úteis (algumas não são mesmo, atenção!). Sei que há momentos de desespero em que só apetece desistir, em que acabas por achar que o dez é o suficiente. Que há dias que atiras tudo ao ar e "que se lixe, hoje tiro folga". Há de tudo isso e, acredita, tudo isso é normal.

 

Mas, no meio e todas estas certezas e incertezas, o mais importante é que saibas que, quando esta fase passar, vais sentir umas saudades imensas daquilo que a vida de estudante te traz. Da liberdade e da prisão que sentes que é a escola ou a faculdade...

Vais sentir falta até de não sentir falta nenhuma desses dias que hoje achas horríveis... mas que, acredita, são os melhores do mundo.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.