Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Neta da Luísa

A Neta da Luísa chama-se Bárbara. Tem 23 anos e um gosto incalculável pela escrita, moda, lifestyle e beleza. Não é uma expert em nenhum dos assuntos, mas tem uma paixão imensa por todos eles.

A Neta da Luísa

"as meninas virgens são para ser violadas" ?!

capa--750x400.jpg

 

 

 

 

Hoje o facebook informou-me que era Dia Internacional da Rapariga.

 

Ironia do destino, pensei eu.

O dia da Rapariga calha precisamente num dia em que as notícias são inundadas com a cara e o discurso de alguém que afirma que "as meninas virgens são para ser violadas" e de um possível presidente que, segundo se diz, insulta mulheres e categoriza-as pela sua aparência.

Este discurso do (agora conhecido) taxista, que é um dos últimos atentados à integridade da jovem mulher, leva-me a pensar... Quantas serão, a partir de hoje, as jovens que, depois de ouvirem tal afirmação, arriscarão colocar-se dentro de um taxi, sozinhas, com pleno descanso no coração? E será justo ser tirada, indirectamente depois desta frase trágica, a liberdade a uma jovem de poder usufruir, livremente e sem medos, de um meio de transporte? Será justo e igualitário que, a partir de hoje, as mulheres passem a temer mais que os homens? Será justo que as raparigas passem a andar mais quilómetros para apanhar o metro em vez do táxi, pelo medo do que lhe possa acontecer? Será justo, atualmente, que uma rapariga seja obrigada a temer o simples facto de não ter nascido homem?

Hoje, no dia da Rapariga, há certamente muitas que decidem que não mais andarão de táxi. Como há muitas jovens mulheres que temem caminhar à noite sozinhas. Da mesma forma que há, também, muitas que vivem condicionadas pelo patrão e pelas suas investidas sexuais ás quais teme pôr limite, por medo do despedimento. Neste dia da Rapariga ainda existem jovens agredidas pelos namorados, condicionadas na sua forma de vestir e limitadas relativamente às profissões a que podem ter acesso. 

 

Neste dia da Rapariga, a 11 de outubro de 2016, ainda é, sobretudo, o dia do rapaz. 

E enquanto a sociedade achar, por exemplo, que uma rapariga que se envolva com muitos homens é uma p*** e um rapaz que se envolva com muitas mulheres é um garanhão, o nosso mundo está perdido. O mundo das raparigas está perdido. E elas, perdem-se no meio dele.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    A Neta da Luísa 11.10.2016 21:34

    Concordo plenamente. Eu tenho muito orgulho em ser mulher! Mas neste contexto, percebo que ás vezes é fácil sentir-se medo. Só é triste uma pessoa dizer uma barbaridade destas e sair impune! A frase deste individuo deve ser motivo de vergonha para muitos homens (taxistas e não só), quero acreditar.
  • Sem imagem de perfil

    Maura Teixeira 11.10.2016 21:46

    Concordo. Infelizmente muitas pessoas vão acabar por generalizar e achar que a opinião dele é a de todos os taxistas, o que não é verdade. Há pessoas boas e más em todos os sítios.
    Tenho pena que isto passe impune, e que daqui a um mês já não se lembrem disto...
  • Imagem de perfil

    A Neta da Luísa 12.10.2016 11:25

    Tens toda a razão. A classe acaba por sair prejudicada por uma saída infeliz de um homem que não tem qualquer tipo de princípios ou valores. Cabe a nós fazer com que casos destes não caiam no esquecimento!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.